...

"Deus é a mão que nos guia e governa!",

30 de dez de 2012

METODOLOGIA DO ENSINO DE GEOGRAFIA

Alguns planos de aula


MEIOS DE TRANSPORTE.
(por Lívia Almeida)


2) Assunto: Meios de transporte.
3) Objetivo Geral: Conscientizar sobre a importância do trânsito da nossa cidade.
4) Conteúdo: Meios de transportes e o trânsito.
5) Metodologia: O processo de desenvolvimento – a construção da aprendizagem. Será feita uma roda de conversa, perguntando aos alunos quais meios de transporte eles já utilizaram; a importância do trânsito em nossa cidade e como evitar acidentes. Após isso, será utilizado recortes de revistas com diferentes tipos de meios de transportes para a confecção dos cartazes.

1º momento: Apresentar o tema aos alunos.
Objetivos:
*        Despertar na criança a importância do transporte e do trânsito na nossa cidade.
*        Fazer um debate sobre o seu trajeto de casa para escola, e conversar sobre qual meio de transporte utilizado para chegar ate a escola.

Objetivo: Mostrar o quanto e importante observar os detalhes existentes no caminho da nossa casa até a escola.


3º momento: Confeccionar cartazes sobre os meios de transporte que mais são utilizados na nossa cidade.
Objetivo: Incentivar o conhecimento não só dos transportes que eles utilizam, mas também  outros que existem na cidade.

4º momento: Assistir  o vídeo “Pessoas no Transito? ’’
Objetivo:  rever o conteúdo  estudando em sala de aual
6) Recursos: cartaz, televisão, dvd. revistas, tesoura, cola, cartolina e pincel atômico.
7) Atividade: Montar cartazes  sobre os meios de transportes.
8) Avaliação: Os alunos serão avaliados através da participação em sala e pelos cartazes confeccionados.

9) Fonte Bibliográfica:
PASSOS, Célia, SILVA Zeneide. Coleção eu gosto - integrado. 1º ano
Vídeo Pessoas no Transito?’’:http://www.youtube.com/watch?v=wE2hOzOgjG0. Acessado em: 06 de dezembro de 2012, às 18:00

29 de dez de 2012

O ENSINO DE HISTÓRIA


       Acadêmicas do Curso de Pedagogia apresentaram no final do semestre de 2012 algumas sugestões de planos de aula sobre o ensino de história. Vejamos alguns exemplos: 


A COMUNIDADE INDÍGENA
(Plano de aula por Janaína Mendonça)

1. Identificação

     1.1 Escolas: Cantinho do Saber (nome fictício)
     1.2 Disciplinas: História
     1.3 Anos: 3° ano fundamental Turma: A
     1.4 Professores (a): Janaína Mendonça

2. Objetivos

    2.2 Objetivos Gerais:

*        Reconhecer e valorizar a diversidade de grupos sociais existentes, com ênfase nas tribos indígenas.

    2.3 Objetivos Específicos

*        Identificar os aspectos da cultura indígena e reconhecê-la como grupo social;
*        Conhecer e respeitar as manifestações de cultura
*        Indígena;
*        Refletir sobre realidade indígena e possíveis soluções para os problemas dessa comunidade.

3. Conteúdo:

      3.1 Conteúdos Programáticos

*        A comunidade indígena.

4. Metodologia

    4.1 Procedimentos

*    Projeção em vídeo (é preciso identificá-lo aqui) sobre o tema abordado, com o  objetivo de mostrar o que é viver em uma comunidade e suas diferenças;
*        Após assistir o filme os alunos serão orientados a fazer uma pequena redação sobre o filme assistido;

*   Dividir a Turma em cinco grupos, os quais irão montar uma maquete sobre a comunidade indígena;

*     Para encerrar cada  os grupos terão que apresentar  a maquete produzida  para a turma.

4.2 Recursos

ü      Livro didático, DVD, papel, caneta, isopor, cola, bonecos.

5.  Avaliação
ü     Será realizada após observar as apresentações dos grupos em sala e através do seu entendimento diante da redação.

6. Tempo Previsto
ü     03 aulas

Referências

HUMBERG Flávia.Vida em Comunidade.In:História.1.ed.São Paulo: Nacional, 2008 p.58-96.
É preciso registrar o vídeo que for utilizado.




OS PRIMEIROS HABITANTES DO BRASIL 
(Plano de Aula por Eliana Miranda )  

1. Turma: 3º ano do ensino fundamental.

2. Assunto: Os primeiros habitantes do Brasil.

3. Objetivo geral

Perceber as diferenças culturais entre o modo de vida indígena e europeu.

4. Conteúdo
                                                                                                       
As relações entre os nativos e a sociedade dominantes.

5. Metodologia

1º Momento - Acolhida com oração do Pai nosso.

Objetivo: Contribuir com harmonia entre a turma e os educadores.
Tempo: 05 minutos.

2º Momento - O professor distribui alguns livros, revistas, imagens, para uma maior compreensão do assunto, faz uma breve leitura do tema aplicado.

Objetivo: Desenvolver e buscar mais conhecimentos.
Tempo: 20 minutos.

3º Momento - Em seguida, o professor organiza os alunos em pequenos grupos para montar uma história por intermédio das leituras e imagens distribuídas. Imagem (OSCAR PEREIRA DA SILVA, desembarque de Cabral em Porto Seguro, São Paulo. multirio.rj.gov.br.)
                  *Descrever o que observa em cada imagem.
                  *O que elas estão vestidas? Por quê?
                  *Por que elas estão nesse ambiente?

Objetivo: Conhecer e perceber a importância da cultura dos primeiros habitantes no Brasil.
Tempo: 20 minutos.

4º Momento: pedir para o grupo organizar cartazes com textos e fotos para uma pequena exposição, contendo suas pesquisas realizadas em sala.

Objetivos: conhecer e perceber a importância das culturas.
Tempo: 15 minutos.

Recursos:
Livros, revistas, imagens, cartolinas, cola, tesoura.

Avaliação:
Os alunos serão avaliados durante a participação das atividades aplicados em sala.

 6. REFERÊNCIAS

HUMBERG, Flávia Ricca. História - livro do professor – 3 ano . 1ª. Ed. São Paulo: Editora Nacional, 2008.



26 de set de 2012

RETRATOS DA DITADURA MILITAR NO BRASIL


       O tema  Retratos da Ditadura Militar no Brasil é uma dos assuntos abordados na disciplina História da Educação II, do Curso de Pedagogia.  Antes da turma iniciar  esse estudo, outros são analisados  e debatidos em sala de aula.  Mereceram  destaques  o contexto  histórico, político,  social e  educacional  nos períodos Colonial,  Imperial,   Primeira  República, Era Vargas, governos de JK e Jânio Quadros.  Tudo isso para compreender  os motivos que impulsionaram o  Brasil a viver um dos períodos mais violento da sua história.  Para tanto,  foi formado  na turma do II período - 2012/2 6  (seis )  grupos, com 05 ( cinco) componentes para organizarem  seminários com as temáticas: 

1. Principais aspectos políticos da era militar
2. A economia  na era militar
3. Mudanças sociais  na era militar
4. O papel da mídia na era militar
5. A música ( bossa nova, jovem guarda, infantil, os grandes festivais, protesto, Tropicália etc)  na  era militar
6. A educação e suas contradições  na era militar.

       Todos serão apresentados no mês de outubro sob a orientação da Profa. Ms. Dorothéia Barbara. Nesse espaço serão publicados os  principais entendimentos  da referida turna  sobre o estudo aqui proposto.  
       Você que  é nosso convidado, leia, divulgue e mande suas considerações sobre este  trabalho para  o VOZ GOIANA.  Será  prazeroso compartilharmos  conhecimentos.

Notícias referente a Ditadura Militar 29/12/2012 


Durante discurso do vereador Gilberto Natalini (PV), no debate do projeto de criação da Comissão da Verdade municipal, o colega Agnaldo Timóteo (PR) pediu um aparte e foi em defesa do Regime Militar:
– É uma lástima que os meios de comunicação não se abram para contar as coisas maravilhosas que foram efetuadas nesse país pelo Regime Militar – afirmou Timóteo.
Em seguida o vereador cantor citou o ex-presidente João Baptista Figueiredo e exaltou a Lei da Anistia como forma de crítica a revanchismos. (Fonte: http://colunistas.ig.com.br/poderonline/2012/04/11/)

16 de set de 2012

PN I - HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO II - II SEMESTRE 2012


     Seminários programados  para os meses de setembro e outubro de 2012, nas  dependências da Faculdade, sob orientação da Profa. Dorothéia  Barbara 

GRUPO 1
EDUCAÇÃO NO EGITO


Objetivo: abordar os aspectos sociais políticos e educacionais  do Antigo Egito

Acadêmicas:

Cléria: Estado centralizador e teocrático; Domínio egípcio sobre as ciências em geral.
Rafaella - A educação restrita à classe dominante; transmissão de ensinamentos.
Jocianne: Escribas; Hieróglifos e papiro; primeiros modelos de escolas. Formação do homem egípcio;
Mariângela - obediência e punição; ensino de ofícios especializados 
Jocianne  Conceito de educação no Egito
Rafaella -   Educação física
Débora -   Educação escolar e familiar; a educação na primeira infância.
Ronaldia - conclusão 




Esfinge e o Egito

Quem anda de quatro pés de manhã
E à tarde se utiliza somente de dois
Mas à noite que chegará bem depois
Tem que usar três quando caminha(¨)

Quem não decifrasse esta questão
Era devorado pela esfinge, no ato
Que tinha corpo de um leão do mato
Mas com aparência de mulher na feição

Neste velho Egito que passou Jesus
Ainda este povo carrega a sua cruz
Sendo dirigido pelo grande ditador

Mas agora este povo está acordando
Mais democracia está reivindicando
Para que o seu trabalho tenha valor.


(¨)Resposta: - O homem.
Em criança se arrasta de quatro.
Sendo adulto anda com dois pés.
Quando idoso, usa uma bengala.


Ler mais: http://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=176684#ixzz26grl9Uqv 
Under 


Parecer: Que a educação nos dias atuais não é muito diferente da que foi apresentada. Os ricos sempre tiveram e têm mais privilégios que a classe menos favorecida. No seminário, vimos que as meninas não tinham os mesmo privilégios que os meninos.  Educação é transformação, mas guarda muito da antiguidade em suas qualidades e problemas. Nada se cria apenas se transforma.
Acadêmicas: Luciene,Kenia,Layanne,Geane,Neila e Lidiana


GRUPO: 2
A EDUCAÇÃO GREGA

Objetivo: O objetivo é compreender a construção da história da educação tendo por parâmetro as influências do pensamento grego.

Acadêmicas

(1) Ludmila -> Grécia Antiga - Hist. da educação - Pedagogia- Polis.
(2) Selma - Atenas foi a escola da Grécia Antiga 
(3) Edna - A partir do sec. VI a.C inicio da escrita alfabética
(4) Joelma - educação a
(5) Carolina - A educação a partir de Sócrates- Paidéia
(6) Solene -> Helenismo
(7) Tatiana -> Esparta

Autores Aranha (2006), Manacorda (2002) Vernant( 2003)


Mulheres de Atenas 
( Chico Buarque )

Quando eles se entopem de vinho
Costumam buscar um carinho
De outras falenas
Mas no fim da noite, aos pedaços
Quase sempre voltam pros braços
De suas pequenas, Helenas

Mirem-se no exemplo
Daquelas mulheres de Atenas:
Geram pros seus maridos,
Os novos filhos de Atenas.

Elas não têm gosto ou vontade,
Nem defeito, nem qualidade;
Têm medo apenas.
Não tem sonhos, só tem presságios.
O seu homem, mares, naufrágios...
Lindas sirenas, morenas.

Mirem-se no exemplo
Daquelas mulheres de Atenas
Temem por seus maridos
Heróis e amantes de Atenas

As jovens viúvas marcadas
E as gestantes abandonadas
Não fazem cenas
Vestem-se de negro, se encolhem
Se conformam e se recolhem
Às suas novenas
Serenas

Mirem-se no exemplo
Daquelas mulheres de Atenas
Secam por seus maridos
Orgulho e raça de Atenas

GRUPO 3
EDUCAÇÃO ROMANA


Acadêmicas:
 Alessandra Pires 
Catiana Alves
Deane Rodrigues
Fabricia Barros
Katiuscia Alves
Maria Valéria
Naiara Alves

Objetivo: apresentar da maneira mais clara e completa possível, o sistema educacional
romano, com suas características e influências.

Acadêmicas
 Naiara- Introdução; Influências gregas no ensino em Roma
Alessandra - O nascimento das escolas latinas.
Maria Valéria- O ensino primário.
Katiuscia  - ensino secundário.
Deane - O ensino superior-
Catiana - As escolas cristãs.
Maria dos Reis - Os principais teóricos
Fabricia - Conclusão e o declínio do império romano 



  
GRUPO  4
A EDUCAÇÃO NA IDADE MÉDIA



Objetivos:
  • Mostrar que na Idade Média a educação era orientada pela fé e para um fim maior:'' a salvação da alma e a vida eterna'':
  • Apresentar as mudanças ocorridas no decorrer do tempo e o surgimento de novas necessidades,e que com o desenvolvimento de ovos métodos de educação que se expandiram com as filosofias pedagógicas surgindo então as universidades.
Foto autorizada pelo grupo

Acadêmicas

Juscelina Matos: introdução
 Karina de Sousa: Educação Bizantina e Educação Islâmica
 Ana Cristina: Escolas Paroquiais e Escolas Monásticas
 Elaine Vieira: Escolas Palatinas e Escolas Seculares
 Juscelina Matos: Escolas Catedrais e Universidades
 Marilene Eusébio: Paganismo e Cristianismo,a patrística
 Sônia Maria: A Escolástica e a Síntese Tomista
 Luciene Almeida: Os enciclopedistas e Conclusão
  
GRUPO 5
A EDUCAÇÃO NO PERÍODO RENASCENTISTA


Objetivo: evolução da educação,  o desenvolvimento do agir e pensar do homem.

Acadêmicas

Kênia: apresentação:
Geane:  movimento renascentista, absolutismo/burguesia; ideias iluministas 
Neila:  o despotismo ilustrado; tendência liberal e laica: dificuldades no ensino.    Lidiana; reformas na Alemanha  
Luciene: o pensamento iluminista; a pedagogia  e a concepção política de Rousseau; naturalista e educação negativa.
Layanne: o preceptor a dialética, 'liberdade e obediência'  
Kenia: Kant e a pedagogia idealista; a consciência moral; educação e liberdade e  de Emílio.                                                                            

6 de set de 2012

PM - I - HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO - II SEMESTRE 2012

SEMINÁRIOS  RELATIVOS AO II SEMESTRE - 2012
Seminários da disciplina  História da Educação I , do Curso de Pedagogia, ministrada pela Profa. Ms. Dorothéia Barbara

Grupo 1 - 14.09.2012

A educação no Egito


Tribunal de Osíris


Objetivo: demonstrar as relações  de  ensino no Egito através da escrita, convívio social e tradições 


Imagem autorizada pelo grupo

Acadêmicas

Janete -  Educação tradicional 
Pâmela - Escrita hieroglífica
Eunice - Educação escolar  e  física

GRUPO 2 

Educação da Grécia


Escravo em Atenas

Objetivos:

  • Mostrar a importância  que os  filósofos  Aristóteles, Platão  e Homero trouxeram  para a Educação na Grécia;
  • Diferenciar  a educação espartana versus a educação  ateniense  e os benefícios  que ambas trouxeram  para a sociedade; 
  • Fazer um parâmetro  entre a educação na Grécia e a educação atual 

Acadêmicas

Ana Lúcia: educação  - Aristóteles, Platão e Homero.
Patrícia: Educação espartana e Ateniense.
Renata:  Educação no período  helenístico, educação  na Grécia versus atual.


AS CONSIDERAÇÕES – HISTÓRIA DA GRÉCIA

     Foi um trabalho bem elaborado pelas acadêmicas Ana Lúcia, Patrícia e Renata do curso de Pedagogia do 1º período matutino do 2º semestre de 2012.
    Deixou claro que a educação intelectual que vivenciamos em nossos dias, tem raízes vindas dos gregos. A importância de Aristóteles e Platão na educação da Grécia.   (Regiane

Michael, Divinaurea e Izabel )
GRUPO 3

A história da educação em Roma

Objetivo: mostrar o início  da educação em Roma  e seus principais pedagogos.

Síntese:
A origem de Roma
Períodos: monárquico e republicano. 
A educação em Roma divida em três períodos.
  • ·        Período Roma antiga,
  • ·        Período de transição ou segundo período,
  • ·        Período greco-romano ou terceiro período.
Principais educadores, filósofos e pedagogos romanos.

Acadêmicos

Regiane - A origem de Roma, os períodos da monarquia e da república, cultura e sociedade romana. Os principais filósofos pedagogos em Roma
Michael Período de Roma antiga, a educação
Divinaurea Período de transição em Roma, a educação

Izabel -  Período Greco-romano ou terceiro período.

GRUPO 4

A educação medieval

GRUPO 6

   A educação na Revolução Industrial

Imagem do filme Tempos Modernos


Objetivos
  • Abordar  a educação na época da Revolução Industrial;
  • Diferenciar a educação  do ponto de vista industrial;
  • Estabelecer um paralelo  entre o antes e o depois  da Revolução. 

Acadêmicas:

Rosilda: A educação  na era da Revolução
Sandra:  A educação do ponto de vista industrial
Terezinha:  Paralelo-  educação - antes e depois da Revolução

19 de jul de 2012

AUTORES GOIANOS

   Conheça  as  principais obras  goianas, que gradativamente serão apresentadas aqui:

D

DENÓFRIO, Darcy. Amar o mar. Belo Horizonte: Itatiaia, 2008.

.           
E

ERNESTO, Paulo Pedro. A  morte da nobre senhora. Brasília:Varanda, 1998.



( Em construção )